17 dezembro 2006

na neblina ilusória

Gallo Manzano


árvores riem e dançam esquecidas
de tempo e realidade

no meu jardim de
fantástica verdade.

8 Comentários:

Blogger al-jib disse...

ou não fora teu ,sultaneza!!!!

um beijo

10:09 da tarde  
Blogger della-porther disse...

Weg


....fantástica....



della-porther

11:48 da tarde  
Blogger della-porther disse...

Weg

que os próximos 365 dias de 2007 sejam fantásticos...


beiojos

della

10:30 da tarde  
Blogger a rasar o ceu disse...

obrigada....









abraço. e um natal....feliz.

1:41 da manhã  
Blogger Cordda disse...

Weg


Um bom Natal "de fantásticas verdades".

cordda

10:43 da manhã  
Blogger gabriela r martins disse...

ite tá muite bem comportade e é tenhe de fazere das minhas per isse dêxe.te uma mã cheia de bêjes e os mês pézinhes tã gelades ,tã gelades ,que já nã os sinte

e s'é m'asquecere deles ,logue m'os dás do ane nove ,tá bem?

felige 2007 ,MULHERE

e ,bêjes ,quemadre!

11:50 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

(porque raio a de lá de cima agradece?? vá, esquece Teresa, não estás aqui para isso, siga...)

adorei este primeiro porque tenho uma colectanea de poemas à volta deste tema que deves ter lido alguns pelo menos.

fantástico!!!

11:39 da tarde  
Blogger Ana Luar disse...

Pk a verdade nunca morrerá sozinha...... deixo-te o meu abraço.

10:12 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial