14 dezembro 2007

o erro

photo by madalena pestana


quis tanto ler-te como se lê um poema

desta vez não podia. era-te a mãe.




08 julho 2007

photo by madalena pestana


a beleza das jóias que a riqueza nos traz

não se compara à que a natureza, na origem, faz


02 junho 2007

verdades...

photo from www.users.qwest.net


a água corre como o tempo corre

e as verdades vão se moldando ao tempo

como as rochas arredondam com a água

09 maio 2007

photo by madalena pestana



uma pena no vento foi a certeza aberta


de que o amor partiu para parte incerta




25 abril 2007

abandono

photo by madalena pestana


um animal abandonado


assemelha-se demais


aos velhos do meu País...




22 abril 2007

monocromático. o amor

photo by Mike Finley



a flor de uma só cor



é como o amor



de uma palavra só!

19 abril 2007

deserto

photo by Gabor Dobranyi



o deserto tem a elegância de ter ondas

e a sabedoria de ter sido mar

15 abril 2007

existo


photo by madalena pestana


se uma criança pára para me olhar


existo muito mais que quando penso.




20 março 2007

Red Cactus Flower by Birgitte Knaus

se me dão uma flor cercada a espinhos

aceito-a

foi-me dada com vontade

07 março 2007

Lydia Bob Bauer


abençoada a flor

atrever assim em meio à indiferença

abrir-se toda em côr.

27 fevereiro 2007

weavernest at junglephotos


aproximam-se as aves de outras aves

para quem não voa cresce a solidão

não há primavera para um olhar no chão.

24 fevereiro 2007

photo by Lee Wilce


madeira velha libertei os pregos


que fizeram de mim


jangada ou ponte


23 fevereiro 2007


photo by madalena pestana


instalou-se o silêncio


no sangue


que me corre dentro às veias.

21 fevereiro 2007


photo by Madalena Pestana




couracei-me de espinhos



antes disso



entreguei-te a verdade



19 fevereiro 2007

photo by Madalena Pestana




que pena das penas

são minhas. são minhas!

vou ter de as soltar

para poder voar.



18 fevereiro 2007

Eduard Grass


a mão de vento que me despenteia

leva-me o sonho para me aliviar


16 fevereiro 2007

at mysouthwest


há uma chuva de não


sobre a flor do amor


que estava a cultivar.


14 fevereiro 2007

ave

by_santi_jasco



beija-me da distância


como quem sussurra



amo-te



em roçagar de penas.




11 fevereiro 2007

mas


photo by marilyn k holmberg




qualquer queda de água


me faz


cair em mim




05 fevereiro 2007

Mariusz Gakat


tão simples afinal

mal-me-quer... bem-me-quer...


e o medo que eu tenho de saber?

29 janeiro 2007

the little hope of an old tree in a cloudy day

photo by Madalena Pestana


e a árvore rugosa que hoje sou

tenta agora dar sombra

a quem parar.

20 janeiro 2007

Alex Uchôa


e quando o amor chegou

foi grito no silêncio
.

15 janeiro 2007

audubon.org

a gaivota que passa

ri sem pudor

da nossa hesitação.


13 janeiro 2007

tanto. o frio.

Michael Nichols


In spite of the cold that surrounds me

I can't take my eyes off you

10 janeiro 2007

by Kala

um raio de sol encandeia-me os olhos

numa flor

17 dezembro 2006

na neblina ilusória

Gallo Manzano


árvores riem e dançam esquecidas
de tempo e realidade

no meu jardim de
fantástica verdade.

15 dezembro 2006

naturephoto


uma ave, se a amamos, pode quebrar o gelo. por surgir.

13 dezembro 2006

Daniel Staver


e vai-se direito ao inverno sem olhar para trás

12 dezembro 2006

thirddaygallery




há uma infinita cerca de frio no jardim


peso

jose a gallego

nenhum insecto é pesado demais para uma planta verdadeira.